Líder positivo ou negativo

Você é um polo positivo ou negativo? Descubra como você reage diante das dificuldades

Sim, quando falamos de física, especificamente de magnetismo, polos opostos se atraem. Estamos falando das forças de atração e repulsão.  Mas o artigo não tratará de física, fique tranquilo!

Estou brincando com as palavras para afirmar que na administração o “polo negativo” tem grande influência na transformação do ambiente, na aplicabilidade das estratégias nas empresas. Estamos falando da cultura do negativismo nas organizações.

É como afirma Peter Drucker, o pai da administração moderna:

“A cultura come a estratégia no café da manhã!”.

E o que isso quer dizer? Quer dizer que a cultura do negativismo impede a implantação das mudanças, de qualquer estratégia, independente do tempo e da convergência que a estratégia tenha com as necessidades ou com o momento atual da empresa.

Podemos pensar, repensar e elaborar o plano mais incrível do mundo, porém, se cultivamos (ou permitimos) o negativismo persistente, nada vai adiante!

Ninguém é 100% positivo o tempo todo e isso é absolutamente natural, porém existem pessoas absurdamente negativas, ou negativas a maior parte do tempo. E isso não faz bem para ninguém, nem para a sua empresa!

Uma coisa é se indignar com algumas situações, a outra é ser um indignado de carteirinha. Uma coisa é entender que problemas fazem parte do contexto e que somos inclusive pagos para resolvê-los, a outra é viver num mar de negativismo e numa espiral de que nada funciona pra mim e para a minha empresa.

Complexo? Pense agora na liderança da sua empresa. Estou falando de diretores, gerentes, supervisores, lideres de setor e também dos proprietários! Esses profissionais influenciam diretamente os seus liderados não só com as suas atitudes, mas também com a  postura diante de problemas e situações cotidianas.

E você aí que está lendo este artigo, você se acha um líder que influencia positivamente ou negativamente as pessoas? Você reclama o tempo todo da vida e das dificuldades, ou encoraja os profissionais a buscarem soluções?

A vida é “dura” e “difícil”, sem quaisquer dúvidas, mas a forma como lidamos com os problemas mostra quem somos nos momentos das dificuldades, e quem nós somos na condução das pessoas.

Neste caso, voltando a física, quando somos excessivamente negativos, não só atraímos pessoas negativas, mas temos um poder de influência incrível nas mãos. O contrário também é verdadeiro, portanto, somos imãs daquilo que cultivamos.

Parece clichê, concorda? Mas, faça o teste. Peça para alguém de confiança falar exatamente o que pensa a respeito da sua postura. Você vai se surpreender, e espero que positivamente.

 

 

Antes de finalizar, seguem algumas dicas preciosas:

  • Seja um líder de atitude (isso motiva a equipe);
  • Fale sempre com honestidade e seja transparente sobre as decisões (isso evita rumores e mal entendidos)
  • Uma grande cultura organizacional é aquela em que os sucessos são apontados e comemorados mais do que os erros.
  • É importante compreender que encontrar o positivo das pessoas ajuda-os a encontrar melhores maneiras de corrigir o negativo. Isso também nos momentos de feedback!
  • A liderança negativa apenas desencoraja os colaboradores e faz com que acreditem que não vale a pena o esforço para melhorar.

 

 

Não é fácil encontrar sempre o lado positivo nas coisas, mas é um exercício que precisa ser praticado para que a gestão seja mais fluida. Como sempre afirmamos, se o “não” você já tem, tente, pois você só correrá o risco de receber um “sim”.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

CONFIRA

MAIS ARTIGOS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

Shopping cart

0

No products in the cart.