Você é ansioso?

De acordo com o dicionário, a ANSIEDADE, é uma emoção ou transtorno caracterizado por um estado desagradável de agitação interior, muitas vezes acompanhado de comportamento nervoso. A ansiedade é conhecida como o mal do século, pois tem complicado a vida de muita gente e pode evoluir a ponto de tornar-se um transtorno generalizado. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil tem o maior número de pessoas ansiosas do mundo: 18,6 milhões de brasileiros (9,3% da população) convivem com o transtorno.

Por essa razão, pessoas ansiosas encontram dificuldade para manter o foco em uma única tarefa. Qualquer alteração no ambiente, por menor que seja, tira a concentração, tornando-as distraídas. Da mesma forma, a memória também é afetada pelo transtorno de ansiedade.

A ansiedade, em seu estado normal, é saudável para o indivíduo, pois impulsiona para a realização de projetos, favorecendo a prosperidade e o planejamento do futuro. O que a torna alarmante é quando há excesso.

Neste sentido, a ansiedade tem relação direta com o medo da incerteza, que consiste em um estado de espírito caracterizado pela indecisão, dúvida, perplexidade e irresolução. Além disso, o ansioso antecipa o futuro e, muitas vezes, sem qualquer base real, criando situações ou problemas que sequer existem.

E como diminuir as dúvidas, a indecisão e o medo da incerteza? Tentando, da melhor forma possível, compreender o futuro, o que só ocorre com disciplina, planejamento, análise de cenários e visão. Quando trabalhamos dessa forma, conseguimos antecipar possibilidades e situações que podem acontecer, diminuindo, assim, o estresse e o medo.  

Por mais que exista risco em tudo não precisamos de uma bola de cristal para prever o futuro, mas, sim, do planejamento necessário para identificar as incertezas prováveis e assim trabalhar as possibilidades de solução.





Você gostou? Compartilhe com seus amigos