Mudança de atitude

Sua empresa não vai bem e você sabe que precisa agir. E você tem consciência que deve implementar mudanças para alcançar resultados positivos. Você também já sabe que as mudanças necessárias estão relacionadas ao seu comportamento como gestor. Resumindo, o sucesso ou fracasso do negócio depende da sua mudança de atitude, mas mesmo sabendo disso você não consegue mudar. Por quê?  

Na semana passada uma cliente me disse: “Parece que a gente está andando em círculo e não consegue sair. Repetimos sempre os mesmos erros”. É isso mesmo! Esse círculo é descrito pelos especialistas como piloto automático. Mais de 40% das ações que realizamos diariamente, desde as atividades pessoais e domésticas até as atividades profissionais e de relacionamento com as pessoas, estão no automático. A gente não para pra pensar antes de fazê-las e mesmo que elas nos levem a resultados indesejados, continuamos a repeti-las continuamente.

Isso acontece comigo, com você e com todo mundo. Porém, se não nos esforçarmos para mudar nossas ações cotidianas e nossas atitudes não conseguiremos mudar nosso comportamento como gestores e a empresa continuará com os mesmos resultados insatisfatórios.

Mas por onde começar? A dica é dar um passo de cada vez: estabeleça como meta mudar um comportamento seu que esteja prejudicando o desempenho da empresa. Pode ser a falta de planejamento, a dificuldade de administrar o tempo, a barreira que você tem em delegar atividades ou mesmo algo mais pontual, como misturar as contas pessoais com o caixa da empresa ou não usar o sistema que está implantado. Escolha apenas um de início!

Mudar o comportamento exige um grande esforço e muita disciplina, mas toda a vez que pensar em desistir, lembre-se do ônus de permanecer fazendo tudo do mesmo jeito e o bônus que o novo comportamento lhe trará.  Foque no pote de ouro que está na outra ponta do arco-íris.





Você gostou? Compartilhe com seus amigos