Aumento de produtividade pede investimento ou observação?

A busca constante por produtividade exige dos gestores que estejam sempre atentos aos detalhes do processo e a qualquer movimentação e fluxo de produtos dentro da fábrica. Mas apesar de toda essa atenção, nem sempre é fácil identificar a oportunidade certa para aumentar a produtividade, pois uma linha de produção pode ser bastante complexa. Numa fábrica mais antiga, por exemplo, as inúmeras adaptações realizadas para a fabricação de novos produtos normalmente afetam a produtividade.

Atualmente existem muitas técnicas e filosofias que podem ser aplicadas na organização das fábricas no que diz respeito a dados, metodologias e produtividade. Existem, por exemplo, filosofias como Lean Manufacturing, Six Sigma, e ferramentas como Kanban, ciclo PDCA, entre outros.

Existe, porém, uma ação essencial chamada ‘Gemba’, expressão japonesa que significa ‘lugar real’ ou ‘onde o trabalho realmente é realizado’. Essa prática consiste na observação do processo inteiro, durante todo o dia, de modo a verificar todos os detalhes. O objetivo é identificar como o processo opera normalmente, como opera quando as coisas dão errado, que tipos de problemas podem ocorrer, como eles são resolvidos, como o processo é gerenciado e controlado e as diferenças entre os procedimentos operacionais descritos e os realizados.

Esta observação constante realizada por alguém que está fora do processo possibilita identificar vários pontos para uma atuação mais eficiente. Muitas vezes quem está na linha de produção, quem está focado num trabalho já pré-determinado, não é capaz de identificar possíveis problemas ou possíveis oportunidades de aumento de produtividade no processo em que trabalha.

O ‘Gemba’ permite uma análise ampla e isenta do processo, a qual mostra, muitas vezes, que o aumento de produtividade pode não estar relacionado a bonificações ou aumento do quadro de funcionários. O importante, na verdade, é ter um gestor atento que realize uma observação crítica do processo de modo a identificar oportunidades e qualificar os profissionais que atuam diretamente na linha de produção quando necessário.





Você gostou? Compartilhe com seus amigos