Dicas

Qual é o vendedor ideal?

Dentre as qualidades abaixo, quais são as duas que não podem faltar em um bom vendedor, vindo à frente das demais na escala de prioridades? 

  1. Empatia e persistência.
  2. Interesse e experiência.
  3. Vontade de vender e formação técnica.
  4. Criatividade e originalidade.

Se você respondeu ‘Alternativa A’, acertou em cheio!

Empatia é a capacidade de sentir o que o outro sente, ou seja, é uma característica básica e essencial para esta categoria profissional. Um bom vendedor capta as reações do cliente e consegue se ajustar a elas. Não se deixa levar simplesmente por um roteiro preparado com antecedência, mas consegue realizar a venda interagindo e fazendo alterações criativas, tendo em vista o fechamento da venda.

Já a persistência é a capacidade de ir atrás da venda não só pela remuneração, mas pela satisfação pessoal de fechá-la. É a qualidade do profissional que não se deixa abalar pelo primeiro “não” e, ao contrário, usa a negativa como impulso para um esforço ainda maior.

Imagine agora a combinação dessas duas características! Na realidade, uma reforça a outra, e essa comunhão é essencial para qualquer profissional que deseja ter sucesso na área.

Quanto às outras competências, elas são complementares e muito importantes, porém perdem consideravelmente o valor se faltar empatia e persistência, já que sem estas duas características faltaria ao vendedor a interação necessária para a criação de vínculo e, consequentemente, construção de uma parceria sólida com os clientes.

Você gostou? Compartilhe com seus amigos