Dicas

Problemas com o caixa?

Muitas empresas que geram lucro operacional não têm capital de giro e estão com grandes dificuldades para pagar as contas. Antecipação de títulos, empréstimos para capital de giro e uso do cheque especial são algumas alternativas para sobreviver. Mas por que a empresa gera lucro e não tem caixa? Vejamos algumas possibilidades:

→ Amortizações de dívidas antigas ou investimentos;

→ Estoque muito alto;

→ Prazo de pagamento inferior ao de recebimento;

→ Inadimplência alta.

Entenda melhor e organize seu caixa:

A operação da empresa pode ser lucrativa, porém se esse lucro for insuficiente para bancar o pagamento de empréstimos e financiamentos realizados no passado o caixa entrará no vermelho. Quando isso acontece, cria-se a famosa ‘bola de neve’: a empresa faz novos empréstimos para bancar os antigos. Se você está nesta situação, a primeira coisa a fazer é saber quanto lucro precisa gerar para conseguir amortizar suas dívidas.

Da mesma forma que o lucro é o balizador para a amortização de dívidas antigas, também é ele quem dita o nível de investimento em imobilizado que a empresa poderá realizar. O ideal é que os investimentos estejam previstos em um plano orçamentário anual para que sejam realizados com base na geração de lucro da empresa.

Outra situação comum, especialmente no comércio, é gerar lucro e enviá-lo para o estoque e não para o caixa. Quando a empresa compra demais e gera excedente de estoque, o caixa sofre.  Já falamos sobre isso no #CompartilhaFlorença. Acesse o link e veja se está cometendo este erro também: https://www.youtube.com/watch?v=HK5adixPjUg&t=7s

Uma outra possibilidade muito comum para o lucro não aparecer no caixa é financiar os clientes, ou seja: você parcela em várias vezes as vendas enquanto paga os seus fornecedores à vista ou num prazo muito curto. Essa diferença entre o prazo de recebimento e o de pagamento pode deixar seu caixa no vermelho. A situação fica ainda pior quando as empresas operam com crediário próprio e os valores a receber viram inadimplência. Faça um levantamento do que sua empresa vendeu no ano e o quanto disso ainda não entrou no seu caixa. Além disso, tente encurtar o prazo de recebimento ou esticar o prazo de pagamento para conseguir fôlego.

Gerar lucro e não ter caixa é uma situação muito comum, especialmente quando os gestores não trabalham com indicadores de gestão e com um planejamento orçamentário adequado. Fique atento e faça o dever de casa!

 

Você gostou? Compartilhe com seus amigos