Gestão à Vista: porque sua empresa precisa dela para ter resultado

Independente do porte ou ramo da empresa, quando falamos em gestão sabemos que um dos pilares de sustentação do processo é estabelecer procedimentos de comunicação eficazes. Comunicar é complexo e causa grandes mal-entendidos quando não há uma fonte única de verdade que possa ser compartilhada com todos.

Por isso é fundamental unificar e padronizar as informações para ajudar no processo de acompanhamento de metas, análise de resultados, identificação de problemas e eventuais correções de rota. O desafio, contudo, é identificar quais informações podem ser divulgadas para fazer essa roda girar.

Quando falamos em comunicação, uma dúvida é comum entre as lideranças: devo compartilhar com a equipe apenas as virtudes ou os problemas também? Existe uma linha tênue entre o que é necessário e o que é estratégico ou até sigiloso, mas quando omitimos informações dificilmente temos profissionais engajados e prontos para qualquer cenário. Empresas cuja cultura não permita expor informações relevantes enfrenta mais dificuldades para crescer. Para sanar essa questão, basta que a gestão seja sustentada por um código de conduta que deixe claras quais são as responsabilidades quanto ao sigilo das informações.

Essência do sistema

Essa transparência com responsabilidade é a essência da Gestão à Vista, processo altamente eficaz que minimiza problemas e engaja equipes através da simples exposição de informações relevantes. A implantação dessa sistemática traz mais foco aos colaboradores, uma vez que com visão do todo as pessoas sabem exatamente o que precisa ser feito e quando, o que facilita a tomada de decisão.

A essa altura você deve estar se perguntando: como fazer Gestão à Vista? Há muitas ferramentas, com painéis, murais, quadros, Tvs, monitores, gráficos etc. O que importa é que a informação seja precisa, atualizada e que norteie o trabalho, trazendo à equipe uma visão de começo, meio e fim dos processos. 

Confira alguns passos e dicas importantes para ter um processo mais assertivo:

  1. Defina quais indicadores serão incluídos na Gestão à Vista e evite o excesso de informações ou dados irrelevantes.
  2. Determine uma equipe responsável por coletar informações com segurança e priorizem a alimentação das planilhas/ferramentas em tempo real.
  3. Construa um sistema de divulgação padronizado e com linguagem compreensível, isso vai evitar interpretações equivocadas.
  4. Prepare adequadamente todos os responsáveis pelo processo e priorize colaboradores que tenham perfil para disseminar essa cultura na empresa.
  5. Crie e repasse o código de conduta que esclarece a todos os envolvidos que os dados expostos são confidenciais e de uso exclusivo da empresa.

Tema dominado? Prontos para arregaçar as mangas e fazer acontecer? Então mãos à obra, pois um ambiente onde predomina a transparência costuma ter pessoas mais motivadas, produtivas e felizes, o que traz crescimento e resultado.

 

→ Fale com o consultor: uilker@florenca.emp.br

→ Confira outros conteúdos relacionados que você pode gostar

 

http://www.florenca.emp.br/artigos/343/conflitos--o-que-os-motiva-

http://www.florenca.emp.br/artigos/188/centralizar-ou-delegar--eis-a-questao-

http://www.florenca.emp.br/artigos/145/voce-esta-preparado-

http://www.florenca.emp.br/artigos/86/falta-de-comunicacao-adoece

http://www.florenca.emp.br/artigos/55/o-poder-do-direcionamento

 

Autor do post: Uilker Benkendorf, consultor de gestão da Florença





Você gostou? Compartilhe com seus amigos