A importância do ERP para a indústria

Você já ouviu falar de ERP, certo? ERP (Enterprise Resource Planning) é um sistema de gestão utilizado para integrar todas as informações da empresa e, essencialmente, para organizar e definir procedimentos e rotinas primordiais para a saúde da indústria. Na área de manufatura, o módulo ERP é imprescindível para controlar a produção, definir previsões de vendas e criar o plano mestre de produção, fundamental para executar o MRP (material requirement planning), ou seja, fazer o planejamento das necessidades de materiais e insumos que serão utilizados na produção. A utilização correta desse sistema exige uma rotina diária e procedimentos que vão desde o apontamento de produção do chão de fábrica até a saída do produto acabado da empresa.

Para uma perfeita implantação e utilização da ferramenta é necessário um mapeamento bem detalhado dos processos industriais, assim como a verificação de todas as informações, conforme indicarem os relatórios de gestão.

Contudo qualquer sistema ERP será eficiente apenas se for bem alimentado pelos usuários. O treinamento de cada colaborador que irá acessar os módulos do sistema é fundamentalmente importante, já que as informações estarão interligadas, ou seja, um apontamento de produção só será possível se tiver uma ordem de produção no sistema, um consumo de uma embalagem só será possível se esta foi lançada no sistema, e assim por diante.

Esse tipo de sistema possui um controle de acessos, ou seja, ele permite definir acessos por usuários para cada tela de operação. O colaborador pode ter acesso somente a visualização de dados ou apontamentos de entradas, saídas e transferências. É muito importante a definição destas operações pela gestão, pois será preciso definir os responsáveis por cada operação e assegurar a confiabilidade das informações.

Importante mencionar também a importância da área de PPCP para o bom funcionamento do sistema, já que ela recebe informações das áreas de vendas como previsões de vendas e ações, trabalha com o MRP do sistema, define as ordens de compras de insumos e faz a programação e controle da produção para o atendimento de estoques e vendas.

Processo

Saiba que toda indústria possui o mesmo processo, ou seja, recebimento de materiais, transformação e saída de produtos. Tendo o mapeamento de todos os processos, o cadastro de todos os dados no sistema e a utilização correta com funcionários treinados para a operação, certamente sua empresa estará em dia com a gestão de informações importantes que apoiarão as tomadas de decisões e o atingimento das metas.

Vale ressaltar que é preciso atualizar com frequência as informações de cadastros, na medida em que novos produtos e materiais sejam utilizados, assim como tornar obsoleto os itens não mais utilizados.

Qualquer sistema de gestão ERP implantado traz eficiência, porém é importantíssimo frisar que isso vai depender muito da eficácia dos processos de cadastro e lançamento das informações por parte de cada usuário. Sistema eficiente depende de pessoas eficientes e bem treinadas para as novas necessidades que surgirem.

Autor do post: Antonio Veiras, consultor de gestão da Florença no RS





Você gostou? Compartilhe com seus amigos